Apresentação

Espaço para a apresentação e análise de estudos e pesquisas de alunos da UFRJ, resultantes da adoção do Método de Educação Tutorial, com o objetivo de difundir informações e orientações sobre Química, Toxicologia e Tecnologia de Alimentos.

O Blog também é parte das atividades do LabConsS - Laboratório de Vida Urbana, Consumo & Saúde, criado e operado pelo Grupo PET-SESu/Farmácia & Saúde Pública da UFRJ.Nesse contexto, quando se fala em Química e Tecnologia de Alimentos, se privilegia um olhar "Farmacêutico", um olhar "Sanitário", um olhar socialmente orientado e oriundo do universo do "Consumerismo e Saúde", em vez de apenas um reducionista Olhar Tecnológico.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Substituir o refrigerante pelo chá gelado em lata. Será essa a melhor opção?



O refrigerante é uma das bebidas mais consumidas no mundo apesar das pessoas saberem dos malefícios oferecidos por ele. Porém algumas pessoas tentam ser mais “saudáveis” e com isso substituem o refrigerante pela ingestão de chá gelado em lata a fim de evitar os refrigerantes açucarados e todos os possíveis malefícios oferecidos por ele. Mas será que o chá gelado seria uma boa alternativa para o começo de uma vida saudável?


Postado por Andressa Barros e Thaissa Barros.

Descrição dos Produtos
Os refrigerantes existem da forma como a gente conhece há mais de 120 anos e, no Brasil, segundo informa o IBGE, está entre os cinco alimentos mais consumidos do país, à frente de qualquer tipo de carne, fruta ou verdura. Só de refrigerante, segundo a mais recente Pesquisa de Orçamentos Familiares do IBGE, de 2009, são cerca de 94 ml por pessoa todos os dias, pouco menos de um terço de uma latinha. Neste trabalho vamos utilizar como exemplo o refrigerante mais consumido que é a Cola Cola (lata de 350ml). Em sua composição, possuem água gaseificada, açúcar, extrato de noz de cola, cafeína, corante caramelo IV, acidulante INS338 e aroma natural, não contendo glúten. Devido a esses ingredientes seu consumo excessivo pode causar cáries, problemas gastrointestinais, propensão à osteoporose e desgastar o esmalte dos dentes, sem contar o aumento do risco de diabetes. Além disso, o sódio presente nos refrigerantes em grande quantidade altera o processo de emagrecimento.
O chá é uma bebida preparada através da infusão de folhas, flores, raízes ou pedaços de frutas na água quente. O chá gelado é o chá consumido em temperatura baixa. Quando preparados em casa, com folhas secas, as propriedades das plantas são preservadas. Utilizamos como exemplo de chá gelado o Ice Tea de limão (lata de 340ml) que tem como ingredientes água, açúcar, extrato de chá preto, acidulantes ácidos cítrico e fosfórico, aroma sintético idêntico ao natural, regulador de acidez citrato de sódio, conservadores benzoato de sódio e sorbato de potássio, sequestrante hexametafosfato de sódio e antiespumante dimetilpolisiloxano.


Fig.1: Coca
Cola lata 350ml.

Fig.2: Ice Tea de limão lata 340ml.



Fundamentos Bromatológicos
Tanto tempo no mercado foi o suficiente para o surgimento de mitos sobre a ingestão da bebida doce borbulhante. A bebida não produz celulites ou causa diabetes sozinha, muito menos vicia, afirma o nutrólogo e pediatra Mauro Fisberg, da Universidade Federal de São Paulo. O açúcar ajuda na obesidade, mas obesos não o são apenas por causa do refrigerante.
  exagero nos ataques aos refrigerantes. Não há efeito deletério no consumo da bebida, não se compara ao cigarro - afirma o nutrólogo, coordenador do Centro de Distúrbios Alimentares na Infância do Hospital Infantil Sabará, em São Paulo. - Do mesmo modo, não há nada a favor dos refrigerantes, e cabe aos pais controlar o consumo, desde a infância. Antigamente, o consumo da bebida estava atrelado aos fins de semana. O limite é o bom senso.
O dentista Marcelo Fonseca, fundador da Sociedade Brasileira de Odontologia Estética, explica que a acidez do refrigerante facilita a penetração no dente da pigmentação escura dos refrigerantes com cola. Bactérias das cáries também gostam de ambientes ácidos, assim como do açúcar contido. Segundo o nutrólogo Durval Ribas Filho, o fosfato presente na bebida pode prejudicar a absorção de cálcio apenas se consumida junto com a fonte do nutriente. Não há efeito para outros minerais.
De acordo com Durval Filho, o consumo diário de mais de duas latas e meia de refrigerante, ou 850ml, todos os dias, aumenta risco de hipertensão. E há unanimidade entre os especialistas em nutrição: o refrigerante tem valor nutritivo insignificante.
O chá gelado em lata apesar de ser utilizado como um substituinte do refrigerante por parecer mais saudável, eles possuem malefícios também, pois são semelhantes a outras bebidas sem gás e contém um teor significativo de açúcar, do qual se originam vários problemas, como a não eliminação da sede; estimulação de um consumo constante, que contribui em médio prazo para eliminar o apetite e consequentemente provocar diminuição do consumo de alimentos importantes como o leite, frutas e outros alimentos com interesse nutricional.
Alguns estudos afirmam que o chá tem substâncias importantes para o organismo, pois aumenta o metabolismo, ajuda na prevenção do câncer, auxilia na imunidade, reduz o mau-hálito, alivia o estresse, e tem efeitos positivos no organismo de portadores de HIV. No entanto, a maioria dos estudos ainda está em fase inicial, ou seja, é melhor observar estes benefícios com cautela.
Apesar das afirmações de benefícios à saúde, o chá também pode surtir efeito contrário. Se consumido em excesso, mal conservado ou mal preparado, o chá pode causar prejuízos à saúde. Ele possui naturalmente fluoretoscafeína e oxalatos, que podem causar osteoporose, artrite, câncer, doenças do sono e doenças renais, se ingeridos em quantidades abusivas.

Fig.4: Valor nutricional do Ice Tea de limão lata 340ml.
Fig.3: Valor nutricional da Coca Cola em lata 350ml.
Discussão
De acordo com a Resolução-RDC nº- 24, de 15 de junho de 2010, um alimento com quantidade elevada de sódio é aquele que possui em sua composição uma quantidade igual ou superior a 400 mg de sódio por 100 g ou 100 ml na forma como está exposto à venda.
Além das informações citadas a cima, observando a informação nutricional e fazendo as devidas comparações em relação às porções, vemos que o chá em lata possui uma quantidade de sódio alta comparada à quantidade contida no refrigerante, apesar dos dois alimentos estarem de acordo com a RDC nº-24. Uma alimentação muito rica em sal, além dar sede, pode causar problemas no organismo como retenção de líquido, hipertensão. Portanto por mais que haja malefícios com a ingestão da coca cola, há também muitos malefícios com a ingestão de chá gelado em lata, mostrando que a substituição total não é benéfica. Uma alternativa é prepararmos nosso próprio chá, pois nós mesmos dosamos a quantidade de adoçante ou açúcar que será acrescentado ao chá. Por isso, é mais saudável fazermos nosso chá e usá-lo para substituir refrigerante.Os chás em sachê também possuem mais benefícios, já que neles estão preservados os seus nutrientes, como vitaminas e minerais.

Conclusão
Consumir chás gelados de vez em quando não é um grande problema, mas consumi-los todos os dias não é recomendado. Além disso, muitos chás em lata possuem cafeína que, em excesso, pode levar a ansiedade, insônia e acelerar o coração. O chá é um excelente alimento a ser incorporado numa dieta balanceada, mas como todo alimento, deve ser consumido de forma equilibrada e em quantidade moderada. A melhor opção mesmo para termos uma vida mais saudável a partir da ingestão de bebidas é ao invés de beber qualquer produto industrializado, beber água ou sucos de frutas naturais. Mas mesmo os sucos naturais devem ser consumidos com critério por aqueles que estão realizando dietas de emagrecimento por que algumas frutas contêm muitas calorias.

Referências:  

·    CHÁ GELADO. Disponível em: http://www.infoescola.com/bebidas/cha-gelado/. Acesso em: 24/05/2014;

·   10 ALIMENTOS SAUDÁVEIS QUE AFINAL FAZEM MAL. disponível em: http://medicina-tradicional-chinesa.com/2012/05/24/10-alimentos-saudaveis-que-afinal-fazem-mal/. Acesso em: 27/05/2014;

·AGÊNCIA NACIONAL DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA. Disponível em: http://portal.anvisa.gov.br/wps/wcm/connect/34565380474597549fd4df3fbc4c6735/RDC24_10_Publicidade+de+alimentos.pdf?MOD=AJPERES. Acesso em: 06/06/2014;

·         OS MITOS E AS VERDADES SOBRE OS REFRIGERANTES. Disponível em:http://oglobo.globo.com/sociedade/saude/os-mitos-as-verdades-sobre-os-refrigerantes-7977007. Acesso em: 28/05/2014;

·LEÃO ICE TEA LIMÃO. Disponível em: http://www.matteleao.com.br/index.php?File=produto&Categoria=1&Familia=2&Produto=0. Acesso em: 07/06/2014;

·REFRIGERANTE COCA COLA LATA 350ML. Disponível em: http://www.comperdelivery.com.br/ch/prod/373684/3687/3693/6602/refrigerante-coca-cola-lata-350ml.aspx. Acesso em: 08/06/2014;

·CHÁ LEÃO ICED TEA LIMÃO LATA 340ML. Disponível em: http://www.comperdelivery.com.br/ch/prod/405416/3687/3690/6602/cha-leao-iced-tea-limao-lata-340ml.aspx. Acesso em: 08/06/2014.





5 comentários:

  1. Gostei muito desse trabalho por que eu mesma fazia muito isso! Amo fanta uva e sempre achei que era ruim pela quantidade de açúcar e trocava pro Ice Tea de pêssego, sem saber disso tudo!
    Muito bom, super explicativo, explorou bem o tema e ainda tirou muitas dúvidas!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Mariana Vieira do N. Costa DRE: 110082649 - Aluna 8° período de Farmácia UFRJ30 de outubro de 2014 19:04

    Trabalho bastante interessante, uma vez que os dois produtos estudados possuem elevado consumo. Diversas vezes, por acreditar que estava fazendo uma troca saudável, escolhia o chá gelado ao invés do refrigerante. O estudo acima é bem esclarecedor deixando evidente que, assim como os refrigerantes, os chás gelados também devem ser consumidos com moderação.

    ResponderExcluir
  3. Evelyn de Oliveira Vidal DRE: 110083166 - Aluna 10º período de Farmácia UFRJ30 de outubro de 2014 20:25

    Achei o trabalho bem interessante, embora discorde em alguns pontos. Com certeza, qualquer coisa consumida em excesso trará males à saúde, e os chás gelados não são uma exceção. Porém, no trabalho é afirmado que o chá possui uma quantidade de sódio muito alta em relação ao refrigerante, o que não é visto se compararmos as duas tabelas nutricionais: o refrigerante possui 66mg de sódio em uma porção de 350g e o chá possui 10mg de sódio em 200g, ou fazendo a correspondência, 17,5mg de sódio em uma porção de 350g. Portanto, concordo e acho super válido o incentivo do consumo de água e sucos naturais, embora comparando exclusivamente o refrigerante e o chá, o chá é sim uma melhor opção.

    ResponderExcluir
  4. Achei o trabalho bem feito, e muito esclarecedor. Já tinha ouvido falar sobre esse assunto mas nunca tinha pesquisado sobre isso. Esse tipo de situação é bem comum, já observei várias pessoas trocando o refrigerante pelo chá gelado em lata.
    Se a intenção de fazer a troca é diminuir a ingesta de açúcar, isso não está sendo alcançado pois esses chás apresentam uma quantidade de açúcar relativamente alta. Além disso, como podemos vê na tabela apresentada no presente trabalho, a proporção de sódio é significante nos dois produtos. O trabalho "quebra" esse mito. O consumo desses produtos frequentes, com a quantidade de sódio que eles possuem,além da hipertensão citada no trabalho, pode causar doenças renais e cardiovasculares. Isso é muito preocupante.
    O melhor é optar pelos sucos feito com frutas.

    ResponderExcluir
  5. Uma intrigante observação é a que nas duas classes de produtos, refrigerantes e chás gelados, a cafeína está presente. As duas classes de bebidas normalmente são consumidas durante a ingestão de refeições importantes como o almoço, onde o objetivo é a ingestão e absorção de nutrientes e vitaminas importantes, tais como vitaminas b12, ferro, zinco, cálcio, áçucares etc. Entretanto, a cafeína é uma substância capaz de agir como acelerador do esvaziamento gástrico. Tal capacidade varia de acordo com a idade e sexo, mas o fato que vale ser ressaltado é que existem muitos estudos que alertam e afirmam que a cafeína atrapalha a absorção do cálcio, do ferro, da vitamina C, entre outros. De acordo com isso alguns especialistas recomendam que o bebidas à base de cafeína sejam ingeridas no mínimo depois de 20 minutos da última refeição.

    Sendo assim, a troca do refrigerante pelo chá gelado, sendo visto por outro aspecto, também não seria tão benéfico como acredita-se.

    ResponderExcluir