Apresentação

Espaço para a apresentação e análise de estudos e pesquisas de alunos da UFRJ, resultantes da adoção do Método de Educação Tutorial, com o objetivo de difundir informações e orientações sobre Química, Toxicologia e Tecnologia de Alimentos.

O Blog também é parte das atividades do LabConsS - Laboratório de Vida Urbana, Consumo & Saúde, criado e operado pelo Grupo PET-SESu/Farmácia & Saúde Pública da UFRJ.Nesse contexto, quando se fala em Química e Tecnologia de Alimentos, se privilegia um olhar "Farmacêutico", um olhar "Sanitário", um olhar socialmente orientado e oriundo do universo do "Consumerismo e Saúde", em vez de apenas um reducionista Olhar Tecnológico.

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017



Cubitan: Suplemento alimentar pode interferir na cicatrização dérmica em casos de úlceras de pressão e feridas infeccionas e crônicas?



INTRODUÇÃO
Motivação da pesquisa e descrição do produto
                           
       Com envelhecimento da população e crescimento de doenças crônicas e degenerativas, a saúde pública no Brasil e no mundo apresenta elevado índice de casos de úlcera de pressão tanto em nível hospitalar como domiciliar em pacientes acamados e hospitalizados por longos períodos. Na grande maioria dos casos o paciente apresenta debilidade nutricional, assim a indústria tem investido no desenvolvimento de suplementos mais específicos que buscam atender esta demanda.

       Segundo o fabricante em seu site Sabor de Viver que é um serviço de apoio nutricional e entrega domiciliar oferecendo a seus clientes descontos especiais em produtos, esclarecimento de dúvidas nutricionais, dicas de nutrição e administração dos produtos Danone Nutrição Especializada; Cubitan é um suplemento alimentar (terapia nutricional oral) desenhado especificamente para auxiliar na cicatrização de úlceras por pressão e outras situações de feridas infectadas que exijam estímulo da cicatrização. É hiperproteico, acrescido de arginina e com alto teor de micronutrientes relacionados à cicatrização (zinco, selênio, vitaminas C, A e E), além da presença do exclusivo mix de carotenoides. Não contêm glúten. Comercializado em embalagem plástica de 200mL e volume médio para 100% do IDR para vitaminas e minerais. É recomendado uso de 1 a 2 embalagens/dia nos graus I e II das úlceras por pressão e 2 a 3 embalagens/dia nos graus III e IV consumindo em qualquer hora do dia, com ou sem alimentos.

       Segue a tabela nutricional referente ao Cubitan sabor morango, em destaque os principais elementos relacionados pelo fabricante:

Cubitan
200ml
% IDR*
Valor Energético
250
-

Carboidratos
28
-
Proteínas
20
40%
Gorduras Totais
7
-
Saturadas(g)
0,8
-
Monoinsaturadas(g)
4,1
-
Poliinsaturadas (g)
2
-
Cálcio (mg)
450
45%
Ferro (mg)
6
43%
Sódio (mg)
100
-
Potássio (mg)
300
-
Cloro (mg)
160
-
Fósforo (mg)
364
52%
   Magnésio (mg)
84
32%
Zinco (mg)
9
128%
Cobre (mg)
1350
150%
Manganês (mg)
2,5
109%
Flúor (mg)
0,38
9%

Molibdênio (mcg)
38

83%
Selênio (mcg)
64
188%
Cromo (mcg)
25
71% 
   Iodo (mcg)
50
38%
Vitamina A (mcg RE)
32
25%
Carotenoides (mg)
1,5
-
Vitamina D (mcg)
2,6
52%
Vitamina E (mg TE)
38
380%
Vitamina K (mcg)
20
31%
Vitamina B1(mg)
0,56
47%
Vitamina B2 (mg)
1,27
97%
Niacina (mg)
6,8
42%
Ácido Pantotênico (mg)
2
40%
Vitamina B6 (mg)
1,3
100%
Ácido fólico (mg)
200
83%
Vitamina B12 (mg)
1,6
66%
  Biotina (mg)
15
50%
Vitamina C (mg)
250
555%
Colina (mg)
138
25%
* %VD: Valores Diários para Adultos, calculados com base nos valores de IDR estabelecidos pela Resolução RDC nº 360/03.
** VD não estabelecido.
Composição
Densidade Calórica (Kcal/ml)
1,25
Proteínas
30%
Carboidratos
45%
Lipídios
25%
Fonte de Proteínas
Concentrado proteico do leite (85%), arginina (15%)
Fonte de Carboidratos
Maltodextrina (53%), sacarose (35%), lactose (12%)



              Apesar de procurar Cubitan nas principais redes de farmácia e drogarias na forma presencial e virtual, somente encontrei no catálogo da Drogaria Venâncio mesmo assim o produto encontra-se esgotado segundo o site e teleatendimento. Porém, encontra-se facilmente para compra em sites de farmácias virtuais com custo médio de R$18,00e no site da própria empresa Danone com custo de R$ 12,15.


FUNDAMENTOS BROMATOLÓGICOS

 Segundo a literatura Terapia Nutricional para Portadores de Úlceras por Pressão publicada em julho de 2011 de autoria da Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral, Associação Brasileira de Nutrologia e Sociedade Brasileira de Clínica Médica estudo randomizado utilizando fórmula com arginina por quatro semanas não teve impacto na proliferação linfocitária e na produção de interleucina 2 em pacientes idosos com Úlcera de Pressão. Por outro lado, 245 doentes foram acompanhados com úlceras grau II-IV, por nove semanas e, constatou-se que a área de úlcera no grupo tratado apresentou redução de 53% em comparação ao grupo controle. Também obteve melhora na cicatrização das úlceras de um pequeno grupo de pacientes com fórmula hiperproteica contendo arginina, vitamina C e zinco, após três semanas de tratamento. Recomenda assim a utilização de terapia nutricional com nutrientes imunomoduladores e maior teor de proteínas no tratamento de pacientes com Úlcera de Pressão afirmando que a terapia nutricional só deverá ser interrompida neste grupo de enfermos se, pela via oral, eles conseguirem atingir as necessidades nutricionais anteriormente definidas ingerindo pela via oral, rotineiramente.

 No Brasil, a regulamentação para terapia nutricional em âmbito hospitalar é muito bem delineada. No entanto, não há uma regulamentação prevista para cuidados da terapia nutricional em domicílio. Como não há diretriz nacional a padronização de dietas para os pacientes com Úlcera de Pressão possibilita várias interpretações. O município de Belo Horizonte, publicou em 2012, um protocolo para dispensação de fórmulas alimentares para adultos e idosos usuários do SUS. Neste protocolo, um paciente que utilize via alternativa de alimentação pode receber por um tempo máximo de três meses renovável, se necessário, fórmulas alimentares industrializadas caso este paciente apresente Úlcera de Pressão grau III e IV sem recuperação com dieta artesanal (preparada pelo cuidador abrangendo alimentos disponíveis no dia a dia do domicílio). Em unanimidade na revisão feita, os profissionais da saúde recomendam as formulações industriais somente mediante insucesso com as dietas artesanais.


LEGISLAÇÃO

 Vale ressaltar que o produto Cubitan segue em sua apresentação as exigências da legislação vigente, em especial a RDC Nº 132, DE 29 DE MAIO DE 2003 que Dispõe sobre o registro de medicamentos específicos; RDC Anvisa 269/2005 que dispõe  sobre a Ingestão Diária Recomendada (IDR) de Proteínas, Vitaminas e Minerais e Portaria SVS/MS nº 29, de 30 de março de 1998, que aprova o Regulamento Técnico referente a Alimentos para Fins Especiais, estes são definidos como ‘’alimentos especialmente formulados ou processados, nos quais se introduzem modificações no conteúdo de nutrientes, adequadas à utilização em dietas diferenciadas e/ou opcionais, atendendo às necessidades de pessoas em condições metabólicas e fisiológicas específicas.’’


DISCUSSÃO

  Úlceras por pressão (UP) são feridas que ocorrem em áreas de proeminência óssea de indivíduos submetidos a uma mesma posição por período prolongado, sendo indivíduos mais vulneráveis pacientes acamados, paraplégicos, idosos ou com algum tipo de comprometimento sistêmico, por exemplo, paciente internado em Unidade de Terapia Intensiva. Paciente com desnutrição apresenta relevante fator de risco para desenvolvimento de UP o que pede avaliação nutricional adequada e concomitante a um suporte nutricional. As áreas mais comuns do corpo ao acometimento por UP são as costas, atrás das orelhas e pernas. Se faz necessário para tratamento a remoção do(s) ou fator(es) causadores. Mudança frequente da posição em que o paciente se encontra, fisioterapia, emprego de curativos sobre as lesões, procedimentos cirúrgicos como raspagem em casos mais drásticos e suporte nutricional são exemplos de condutas fundamentais. A abrangência do tratamento mostra que nenhum de seus componentes, isoladamente, é capaz de resolver o problema. Assim, indicação de fórmulas alimentares específicas no suporte ao tratamento das UP pode ser feita, porém, com cautela e análise de todos os parâmetros supracitados.

 Estudos feitos e publicados inerentes à terapêutica nutricional para UP abordando dietas hipercalóricas e hiperprotéicas, suplementação de zinco, vitamina C e A além de dietas ricas em arginina vem mostrando estes elementos como aliados, porém ainda não conclusivos quanto à prescrição de suplementação de qualquer um desses elementos, a menos que haja o diagnóstico de sua deficiência – por exemplo, se houver baixos níveis de zinco no sangue, estaria indicada sua reposição. Esta analise considera risco toxicológico para paciente em uso inadequado por possível desenvolvimento de superdosagem de determinado(s) nutrientes ou micronutrientes. No entanto, em pacientes com UP apresentando desnutrição mista com deficiência comprovada de elementos contidos no suplemento Cubitan, este é uma boa alternativa e excelente aliado o tratamento principalmente se o mesmo não apresenta melhora mesmo com acompanhamento nutricional adequado.


CONCLUSÃO

 A alimentação tem influência direta na regeneração celular, no entanto, o uso de suplemento oral com este intuito deve ser avaliado caso a caso verificando ou não a necessidade de um aporte nutricional bem como possíveis deficiências nutricionais do individuo. Esta avaliação deve englobar o estado nutricional, imunológico e patológico do paciente, bem como se está sendo submetido à farmacoterapia. É importante o alerta impresso no rótulo anexado a embalagem do produto. Além disso, a composição da fórmula não permite individualização plena no tratamento.

 Quando utilizado com monitoramento adequado do profissional de saúde habilitado, Cubitan pode ser um grande aliado no tratamento de Úlcera de Pressão assim como trazer outros benefícios agregados, uma vez que o paciente estará com suas necessidades nutricionais relativamente cobertas.


REFERÊNCIAS

[1] http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v49n1/pt_0080-6234-reeusp-49-01-0152.pdf.

[2] http://diretrizes.amb.org.br/_BibliotecaAntiga/terapia_nutricional_para_pacientes_portadores_de_ulceras_por_pressao.pdf.

[3] Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 272/SVS/MS, de 8 de abril de 1998. 

[4] Brasil. Agencia Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA. Resolução nº 63, de 6 de julho de 2000.

[5] Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 120 de 14 de abril de 2009.

[6] Brasil. Agencia Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA. RDC Nº 132, DE 29 DE MAIO DE 2003.

[7] Brasil. Agencia Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA. RDC  269/2005.

[8] Brasil. Portaria SVS/MS nº 29, de 30 de março de 1998.




4 comentários:

  1. Lucas Malvezzi de Macedo - Farmácia UFRJ, 10º período30 de abril de 2017 21:46

    Sob o olhar da metodologia científica a maneira como o trabalho foi construído está atendendo as exigências de tema, recorte de tema, indagação e hipótese foram atendidos. A indagação inicial foi respondida de acordo com o decorrer do presente trabalho de maneira bem objetiva.
    O presente trabalho apresenta como tema Cubitan, um suplemento alimentar rico em vitamina A e C, zinco e arginina, que influencia na cicatrização dérmica no caso de úlceras de pressão e feridas infeccionadas e crônicas. O enfoque dado na importância que foi dada baseada em estudos foi bem embasada, porém maiores informações sobre a toxicidade e os perigos de uma superdosagem dos componentes descritos anteriormente ficaram faltando. De acordo com a Anvisa as recomendações diárias para da ingestão de vitamina A e C são de 5 mcg/d e 45 mcg/d ,respectivamente, e para zinco é de 7 mg/d em um indivíduo adulto. Essas são informações importantes visto que a população fará uso desse suplemento para o tratamento em questão e visto que o Sistema Único de Saúde (SUS) se responsabilizou em dispensar esses produtos. O acompanhamento médico e a orientação médica são triviais uma vez que a superdosagem pode trazer malefícios a saúde dos indivíduos que vão fazer uso do Cubitan já que por serem vitaminas e minerais a população não tem ciência dos riscos a saúde.

    ResponderExcluir
  2. Este trabalho é um ótimo exemplo sobre a boa escolha de um tema, recorte, desenvolvimento da indagação e hipótese sendo apresentados de maneira apropriada e bem estruturada, visto que a indagação inicial "Cubitan: suplemento alimentar pode interferir na cicatrização dérmica em casos de úlceras de pressão e feridas infeccionas e crônicas?" é respondida, percebe-se que a autora da publicação explica de maneira objetiva e acessível para todo tipo de publico, dos leigos aos mais instruídos, sobre os possíveis benefícios do uso do Cubitan em pacientes acometidos por úlcera de pressão, desde de que seja analisado cada caso, que a administração deste seja feita por uma profissional de saúde qualificado, que se conheça as necessidades deste paciente pois há uma diferença nas administrações das doses do Cubitan dependendo da gravidade do estado da úlcera de cada paciente e também há um alerta sobre uso racional deste produto que pode se tornar toxico caso o paciente não esteja com diminuição nos seus valores nutricionais de vitaminas e dos outros componentes que o Cubitan apresenta.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Este trabalho respondeu muito bem a sua indagação, tema e sua hipótese. A autora deste trabalho sob desenvolver e responder perfeitamente sua indagação,ela expõe as informações de forma clara e objetiva, sendo d fácil compreensão a qualquer pessoa que tenha contato com este trabalho.
    O Cubitan é um suplemento que ajuda na cicatrização de úlcera por pressão, feridas infectadas, sendo rico em vitamina C,A e E, zinco e selênio, ou seja, uma ótima saída para idosos e que como relatado no trabalho com facilidade para comprar tanto em drogarias ou pela internet,e foi neste ponto que senti um pouco de informação ao alertar as pessoas que não é bom qualquer pessoa fazer alusão a este produto, pois mesmo ele sendo bom e apresentando um resultado satisfatório para uns não significa que vai fazer bem a qualquer um, pois se deve ter cuidado com o uso racional e fazer um acompanhamento antes para se ter informações do seu estado de saúde, já que este suplemento e rico em vitaminas, zinco e selênio,pois o uso por pessoas que não precisem ou o uso de forma errada pode ocasionar em risco a saúde do usuário e ele pode ser toxico.
    O artigo de revisão "Efetividade da terapia nutricional enteral no processo de cicatrização das úlceras por pressão: revisão sistemática*", relata de como ele ajuda no tratamento de úlcera por pressão por tanto tem que avaliar a efetividade da terapia nutricional, deve ser avaliado por pessoas especializada e por uma equipe multiprofissional para falar o tratamento correto de acordo com a necessidade de cada paciente.

    ResponderExcluir