Apresentação

Espaço para a apresentação e análise de estudos e pesquisas de alunos da UFRJ, resultantes da adoção do Método de Educação Tutorial, com o objetivo de difundir informações e orientações sobre Química, Toxicologia e Tecnologia de Alimentos.

O Blog também é parte das atividades do LabConsS - Laboratório de Vida Urbana, Consumo & Saúde, criado e operado pelo Grupo PET-SESu/Farmácia & Saúde Pública da UFRJ.Nesse contexto, quando se fala em Química e Tecnologia de Alimentos, se privilegia um olhar "Farmacêutico", um olhar "Sanitário", um olhar socialmente orientado e oriundo do universo do "Consumerismo e Saúde", em vez de apenas um reducionista Olhar Tecnológico.

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Açaí: existe alguma relação entre este alimento energético e a diabétes?


O açaí é uma fruta que trás diversos benefícios a saúde, além de ser um alimento versátil, ou seja, que pode ser utilizado em conjunto com outros alimentos e até mesmo puro. No Brasil, Amazonas e Pará são os maiores produtores destas frutas e é um produto consumido em grande quantidade pela população brasileira. Porém, esta mesma população julga o mesmo como um "bomba calórica", isto é verdade? Será que este fator pode estar relacionado com a diabétes?

É possível observar na tabela nutricional do açaí frooty, podendo então analisar sua composição e então correlacionar com os benefícios e males que o mesmo poderá vir a causar.

imagem da tabela nutriconal

Fundamento Bromatológico
Carboidratos são compostos com função de gerar energia (moléculas energéticas), os principais da nossa alimentação são os monossacarídios e os oligossacarídeos, exemplo: Glicose (a) e Frutose. O carboidrato é o principal compostos a ser convertido nas células para a formação de ATP e também pode ser armazenado em órgãos como fígado e músculos na forma de glicogênio.

imagem da glicose

Discussão
Como podemos observar, apenas 60g de açaí contém 5% do VD, comparando com os 300g total do valor diário do FDA, logo pode-se entender que o uso controlado deste produto não afetará a saúde do indivíduo caso o mesmo seja saudável. Em indivíduos que realizam uma dieta com pouca ingestão de carboidratos não apresentaria problemas de elevação de níveis glicêmicos, pois o mesmo poderia usufruir de até mais de 60g (1 bola) do mesmo, um pouco mais que os que necessitam de controle. Porém, indivíduos com uma alimentação normal e/ou rica em carboidratos, devem ficar atentos a ingestão deste tipo de alimento, pois o risco de seu nível glicêmico se elevar, aumentaria, podendo então gerar a longo prazo um acumulo de carboidratos no circulação sanguínea, resultante da resistência a insulina gerado por esse excesso de carboidrato não absorvido, podendo gerar então um quadro de síndrome metabólica, causando Díabetes tipo II no indivíduo. O uso de coberturas, paçocas entre outras substâncias que possuem grandes quantidades de carboidratos, tornando então este alimento um "bomba calórica" e podendo aumentar as chances de se criar um quadro de diabetes tipo II..

Referência
Consumption of açai (Euterpe oleracea Mart.) functional beverage reduces muscle stress and improves effort tolerance in elite athletes: a randomized controlled intervention study. Ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/26140415
Carvalho-Peixoto J1,2,3, Moura MR1, Cunha FA4,5, Lollo PC6, Monteiro WD5,7, Carvalho LM1, Farinatti Pde T5,8.

http://frooty.com.br

https://www.fda.gov/Food/GuidanceRegulation/GuidanceDocumentsRegulatoryInformation/LabelingNutrition/ucm064928.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário