Apresentação

Espaço para a apresentação e análise de estudos e pesquisas de alunos da UFRJ, resultantes da adoção do Método de Educação Tutorial, com o objetivo de difundir informações e orientações sobre Química, Toxicologia e Tecnologia de Alimentos.

O Blog também é parte das atividades do LabConsS - Laboratório de Vida Urbana, Consumo & Saúde, criado e operado pelo Grupo PET-SESu/Farmácia & Saúde Pública da UFRJ.Nesse contexto, quando se fala em Química e Tecnologia de Alimentos, se privilegia um olhar "Farmacêutico", um olhar "Sanitário", um olhar socialmente orientado e oriundo do universo do "Consumerismo e Saúde", em vez de apenas um reducionista Olhar Tecnológico.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Análise dos rótulos de sopas de três diferentes marcas apontam diferenças em relação ao teor de sódio.

     Neste trabalho, três diferentes marcas de sopas foram selecionadas para comparação em relação aos teores de sódio. Este tipo de análise é fundamental, tendo em vista que o consumo excessivo deste micronutriente está diretamente relacionado ao desenvolvimento de hipertensão arterial sistêmica (HAS), responsável por mais de 7,6 milhões de mortes por ano no mundo, segundo dados da Organização Mundial da Saúde.

   
     As três marcas selecionadas para análise de rótulo foram: Maggi® (Nestlé®), Knorr® e Campbell® (sopa em lata importada), de sopa de galinha com fidelini, cebola e mushroom, respectivamente.

      Os valores mostrados neste trabalho se referem às sopas prontas, preparadas de acordo com a orientação do fabricante. Assim, considerou-se que as sopas Maggi® e Knorr® são preparadas com água, enquanto a sopa Campbell® é preparada com 150mL de água e 150mL de leite. Essa diferença foi importante, uma vez que esses ingredientes também contribuem para o teor de sódio da sopa pronta. 

     Para os cálculos, considerou-se que 20mg de sódio estão presentes em 1L de água potável e que existem 136mg de sódio em 100mL de leite integral. Para o cálculo do teor de sódio no leite, foi feita uma média aritmética entre os teores declarados nos rótulos de leites das marcas Elegê® e Parmalat®. O teor de sódio na água potável, por sua vez, varia de acordo com a fonte e o tratamento que a água recebe. No entanto, assumiu-se o valor de 20mg de sódio por litro de água, levando em consideração dados da CETESB (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental).

     Os teores de sódio de 100mL de sopa pronta para cada uma das marcas analisadas encontram-se na tabela abaixo. 

Tabela 1: Teor de sódio em 100mL de sopa pronta (mg).
     
     As porções recomendadas pelos fabricantes e declaradas no rótulo são de, aproximadamente, 250 mL. Os teores de sódio para essas porções em relação às marcas analisadas encontram-se na tabela 2.

Tabela 2: Teor de sódio em 1 porção de 250mL de sopa pronta (mg).

     Comparativamente, pode-se dizer que as três marcas apresentam valores semelhantes em relação ao teor de sódio, sendo a sopa Maggi a que apresenta o menor teor, seguido pela sopa Knorr. As porcentagens de sódio em 1 porção de sopa (250mL) em relação ao VDR (Valor Diário de Referência) estabelecido pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) estão relacionados na tabela 3. 

Tabela 3: Porcentagem do teor de sódio de 1 porção de sopa (250 mL) em relação ao VDR (%).
  
     A ANVISA, na RDC n° 360, de 23 de dezembro de 2003, estabelece que o VDR para o micronutriente sódio é de 2,4g por dia. No entanto, estudos indicam que brasileiros consomem, em média, de 2,8g a 5g deste mineral diariamente. Pode-se concluir que a análise do rótulo dos produtos é de fundamental importância para a promoção da saúde, especialmente em relação aos teores de sódio.  


Referências:
  1. Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA. Manual de orientação aos consumidores: educação para o consumo saudável. Brasília, 2008. 
  2. BRASIL. Resolução RDC nº 360, de 23 de dezembro de 2003. Aprova o Regulamento Técnico sobre Rotulagem Nutricional de Alimentos Embalados. Diário Oficial, Brasília, v. 169, n. 349, 23 dez. 2003. Seção 3, p. 5988-5991. 
  3.  Mahan LK, Escott-Stump S. KRAUSE - Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. 11. ed. São Paulo: Roca, 2005. Brasil. Ministério da Saúde – MS. Secretaria de atenção à Saúde. Coordenação Geral da Política de Alimentação e Nutrição. Guia Alimentar para a População Brasileira: promovendo a alimentação saudável. Brasília, 2006. 
  4. MAGGI. Informação Nutricional. In: Produtos. Disponível em: http://www.nestle.com.br/site/images/marcas_produtos/compass/sopa_tradicional_Galinha_com_Fidelini.jpg.
    Acesso: 21/10/2012. 
  5. KNORR. Produtos In: Sopa de Cebola (Informação Nutricional). Disponível em: http://www.knorr.com.br/product/detail/245324/sopa-de-cebola. Acesso em: 20/10/2012.
  6. COMPANHIA DE TECNOLOGIA DE SANEAMENTO AMBIENTAL. Sódio. Disponível em: http://www.cetesb.sp.gov.br/userfiles/file/agua/aguas-superficiais/aguas-interiores/variaveis/aguas/variaveis_quimicas/sodio.pdf. 
    Acesso em: 21/10/2012.
  7. ELEGÊ. Produtos. In: Leite Longa Vida UHT Integral Elegê - 1 L. Disponível em: http://www.elege.com.br/detalhamento.cfm?marca=3&codigo=15.
    Acesso: 21/10/2012.
  8. PARMALAT. Produtos. In: Leite Longa Vida UHT Integral Parmalat - 1 L. Disponível em: http://www.lbr-lacteosbrasil.com.br/produtos/leites-regulares/16/leite-uht-integral-1l--parmalat/215Acesso: 21/10/2012.
    Acesso: 21/10/2012.

2 comentários:

  1. O sal é extremamente importante no preparo de alimentos e também pela suplementação de iodo, no entanto, altos níveis de sódio podem gerar riscos a saúde, sobretudo riscos cardiovasculares sendo indicado baixo consumo para pacientes hipertensos. A presença de excesso de sódio em sopas prontas (desidratas, instantâneas e congeladas) foi evidenciada após uma análise realizada pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (IDEC), que avaliou 42 produtos de 18 diferentes marcas. A ANVISA adota o nível máximo de 2,4g de sódio por dia e orienta que produtos que possuam valores iguais ou superiores a 400mg de sódio a cada 100g ou 100mL, devem ser consumidos com cautela. Segundo a RDC 54/2012, são considerado de baixo teor de sódio aqueles alimentos que possuem, no máximo, 80mg de sódio por 100g ou 100mL, o que indica que os valores indicados na tabela das sopas são de produtos com teor relativamente elevado. Com base nesses dados, o estudo identificou que oito marcas foram reprovadas por possuírem elevado teor de sódio. Uma alternativa proposta seria aplicar um esquema de cores nos rótulos, orientação esta seguida já por alguns países, como o Reino Unido. A atribuição de uma escala de cores semelhante aos semáforos de trânsito nos rótulos e embalagens de produtos que contenham sódio, serviria como alerta para uma possível contra-indicação do produto.

    ResponderExcluir